Monthly Archives: September 2011

Opinião sobre o Google Dev Day 2011

Gostaria de registrar minha opinião sobre as palestras do Google Developer’s Day 2011.

Palestras

A palestra foi BASTANTE monótona. O palestrante se prendeu demais no preço do serviço e em como “o Google é seguro para a sua empresa”, ao invés de mostrar exemplos e dar dicas – era um evento para os DESENVOLVEDORES, não para executivos. Além disso, sequer deixou os slides em fullscreen, dava para ver o Dock dele e tudo. Não sei, mas isso pareceu muita falta de consideração… E para finalizar, ele distribuiu o cartão dele, que nem era relacionado a Google: Era da consultoria pessoal. Por favor, né? Nunca mais assisto uma palestra desse rapaz.

Apesar do assunto não ser o mais interessante do dia, com certeza essa foi a palestra mais empolgada. A engenheira que apresentou, a Rachel Shearer, é bastante divertida e deixou transparecer que adora o que faz. Em vários momentos, ela largou os slides de lado e começou a falar rápido e de maneira empolgada, mas ainda era possível entendê-la bem. Mostrou vários exemplos simples, inclusive como organizar seu código para usar o ChromeVox, mostrou boas práticas de HTML5 (e.g. usar <label> sempre) e também falou sobre a utilidade de se criar um fluxo de navegação bom através de hotkeys – útil tanto para deficientes como para power users. Palestra ótima.
Ah sim, podem encontrar a palestra dela aqui

Admito que estava com um puta sono pós-almoço nessa, mas foi divertida. O palestrante deu vários exemplos e mostrou o quão grande é a API do Google Apps Script. Acredito que seja possível jogar o Excel fora e usar scripts pessoais para o Google Docs… Infelizmente não é todo mundo que tem conhecimentos suficientes para isso.
Pretendo dar uma boa lida na documentação quando tiver tempo para começar a brincar com isso.

O Pete LePage é um ótimo palestrante e conseguiu mostrar muitos conceitos interessantes do HTML5 que, mesmo sendo repetidos diversas vezes, continuam interessantes. Apesar de ter alguns overlaps com a palestra seguinte (o que era de se esperar pois eram palestras diferentes), foram ambas muito boas.

Praticamente os mesmos comentários da palestra anterior. Da próxima vez, vou pegar as palestras dele de novo. Ah sim, podem encontrar a palestra dele aqui.

O Paul Irish é muito figura ao vivo, gostei de algumas brincadeiras dele – por exemplo, background-color: #bada55. E também foi muito elucidativa, mostrando o poder imenso que as DevTools possuem hoje em dia. Gostei tanto que parei de usar o Firebug para testar coisas e comecei a realizar o teste dos apps que faço no Chrome.

Conclusão

Tirando a primeira palestra, foi um evento muito bom. Comida aos montes, espaço muito bem organizado e bonito, diversos funcionários da Google para tirar dúvidas nas tendas. Também tinha vários hacks usando Android: Trenzinho de brinquedo controlado por um smartphone, um tablet emulando jogos de arcade, entre outros. Cheguei a ficar com vontade de comprar um tablet com Android, mas ainda não me convenci de que vale a pena ter um.

Além disso, vale lembrar que a keynote do James Whittaker foi animal, bem divertida e empolgada. Mostrou alguns números interessantes relacionados ao Android e ao Chrome, efeitos 3D impressionantes rodando no browser e um pouco de várias outras tecnologias do Google. Curti bastante. Ou melhor, +1.

Se tiverem a chance de ir em um GDD, recomendo! Gostei bastante e pretendo ir novamente no ano que vem.